Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

DEFINIÇÃO E USO DA DEP

Imagem
A Diferença Esperada na Progênie (DEP) é usada em todo o mundo para comparar o mérito genético de animais para várias características e prediz a habilidade de transmissão genética de um animal avaliado como progenitor. Ela é expressa na unidade da característica (ex: kg para peso, cm para PE e meses para IPP), com sinal positivo ou negativo.
As definições dasDEPs, bem como das siglas usadas no decorrer do texto para as características analisadas, são apresentadas a seguir:
DEPMP120 - Diferença esperada na progênie para efeito maternal no peso aos 120 dias de idade prediz a diferença esperada em peso dos produtos das filhas do animal avaliado, devida às diferenças na habilidade maternal (produção de leite) apresentada por elas;
DEPDP120 - Diferença esperada na progênie para efeito direto no peso aos 120 dias de idade - indica a diferença em quilogramas esperados, como média da progênie, com relação à base genética de referência, devida aos genes para crescimento passados pelos seus pais…

SILAGENS DE MILHO. QUAL ESCOLHER?

Imagem
O fornecimento de silagem para os animais pode ser uma boa estratégia para o pecuarista, que pode usá-la diariamente, ou também na entressafra, como forma de suplementação.
O alimento é considerado uma das melhores fontes energéticas, além disso, pode-se armazená-lo por longos períodos, mantendo sua qualidade.
Para fazer a silagem é necessário aguardar, após o plantio, cerca de 100 a 130 dias para que o ponto de maturação esteja correto, permitindo a produção do alimento duas vezes ao ano.
Para tanto, existem algumas opções que devem ser avaliadas, quanto às vantagens e a relação custo-benefício.
Silagem de milho comum
Consiste na planta inteira de milho picada, com folhas, colmo, sabugo e grãos. O tamanho ideal das partículas deve estar entre 0,5cm e 2,0cm. Dessa maneira, a compactação do material e o aproveitamento pelos animais são facilitados.
O milho deve ser colhido com aproximadamente 30,0% a 32,0% de matéria seca, sendo que isso pode ser observado pela "linha do leite". A …

ABATE HUMANITÁRIO

Imagem
Saber se há bem-estar animal na produção e no manejo pré-abate não é só sinônimo de qualidade sanitária, mas também de qualidade ética, pois faz parte da preocupação moral dos consumidores. As atividades voltadas ao bem-estar animal estão cada vez mais presentes no dia-a-dia e não haverá retrocesso. O mesmo se aplica às mudanças econômicas, culturais e ambientais.
Com base em evidências científicas indiscutíveis, passou-se a reconhecer que os animais são seres sencientes, ou seja, capazes de sofrer ou expressar satisfação e felicidade. Portanto, esses animais não devem ser levados ao sofrimento desnecessário. O bem-estar deve sempre estar presente em todas as etapas de sua vida, garantindo o manejo adequado desde a criação até o momento do abate. Abate humanitário e manejo pré-abate

Bovino sendo transportado
O abate humanitário pode ser definido como o conjunto de procedimentos que garantem o bem-estar dos animais desde o embarque na propriedade rural até o manejo no frigorífico. O exces…

SETOR PRODUTIVO DA CARNE BOVINA FAZ PREVISÃO OTIMISTA PARA PECUÁRIA DE EXPORTAÇÃO EM 2014

Imagem
O Brasil já alcançou neste ano um recorde nas exportações de carne bovina com a geração de receita de mais R$ 6 bilhões. E, para o ano de 2014, a previsão é de ampliar ainda mais as vendas. A avaliação foi feita durante a última reunião da Câmara Setorial de Carne Bovina em 2013, realizada nesta segunda, dia 9 de dezembro em Brasília.  As previsões para o ano de 2014 são otimistas. O Brasil deverá receber o reconhecimento internacional como área livre de febre aftosa com vacinação em mais oito Estados, e, do ponto de vista do mercado, a carne bovina deverá alcançar novo recorde nas exportações. Os Estados Unidos prometem iniciar as compras de carne bovina in natura brasileira. A China, que fechou as portas há um ano,  em função do caso atípico de vaca louca, deve retomar o comércio com o Brasil. E há também outros países asiáticos na mira como Indonésia e Tailândia. A ampliação de mercados está relacionada à qualidade do produto. Até 2015, o Brasil deve receber o reconhecimento da Organi…

CASQUEAMENTO PREVENTIVO

Imagem
O casqueamento realizado no final da lactação é uma alternativa para o controle das doenças do casco. Apesar desta medida profilática constituir uma atividade simples, muitas pessoas têm dúvidas sobre a execução deste casqueamento, que basicamente possui os seguintes objetivos: ·Correção do casco com crescimento anormal (pinças longas, talões baixos. ·Restituir o "balanceamento" entre as unhas, ou seja, a correta distribuição do peso entre as unhas dos cascos. ·Identificar resíduos de lesões ou rachaduras ocorridas durante a lactação e recuperar a integridade da sola. Mas, vale a pena destacar que este casqueamento, dito preventivo, não é a solução de todos os problemas associados ao sistema locomotor! O produtor que deseja minimizar a incidência das afecções de casco no rebanho precisa trabalhar conjuntamente com a nutrição, o conforto, a qualidade/higiene do piso e, finalmente, com o casqueamento preventivo. O casqueamento preventivo é constituído de quatro cortes. Cada etapa s…

ALTA GENETICS EXPLICA MELHOR O PROCEDIMENTO QUE PODE AJUDAR A INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL

Imagem
Lucia Nunes LN Comunicações
Quando o pecuarista deseja reduzir custos e ganhar tempo no momento de emprenhar as matrizes, a metodologia recomendada é a IATF – inseminação artificial em tempo fixo. Com a aplicação de fármacos contendo hormônios é possível igualar o ciclo reprodutivo das vacas do rebanho, sendo possível inseminá-las em uma única vez. Esta tecnologia utiliza protocolos de IATF que determinam a quantidade de hormônios utilizados em cada lote. Cada situação demanda uma quantia diferenciada, que varia de acordo com a situação das matrizes que serão trabalhadas.
As vantagens na escolha deste procedimento são inúmeras. A maior delas é a possibilidade de inseminar o maior número possível de animais na fazenda usando uma boa genética com sêmen de touros criteriosamente selecionados. A genética superior promove maior ganho de peso, precocidade sexual, habilidade materna e qualidade de carcaça. Além disto, o pecuarista quando identifica as deficiências de sua fazenda, poderá supri-l…

A MISSÃO DA NOBRE ZOOTECNIA

Imagem
Sendo o animal doméstico o objeto da Zootecnia, seu melhoramento é dinâmico e evolui a medida da necessidade do homem moderno, pois sua exigência é cada vez maior e o desafio da Zootecnia imperativo.

Não fossem os árduos estudos com pesquisas científicas e não teríamos em nossas mesas, os excelentes produtos de origem animal, fartos em todo o mundo e de excelente qualidade.
A conquista da biologia e outras ciências que auxiliam e apoiam a Zootecnia, foi um passo decisivo para o aprimoramento cada vez maior desta ciência, para valorizar, maximar e otimizar nutrientes que não poderiam estar plenamente disponíveis ao corpo animal, se não fossem as pesquisas diversas em todo o mundo para solucionar os difíceis problemas da “fome dos rebanhos”. Assim a Zootecnia otimizou e valorizou subprodutos e resíduos agropecuários, aparentemente sem nenhuma utilidade na alimentação humana e os transformou em carne, leite e lã, etc. a exemplo do bagaço de cana-de-açúcar quando convenientemente e tecnicam…
Imagem
12 REGRAS DE OURO PARA ORDENHA1. Monitore regularmente
a saúdedo úbere 2. Ordem da ordenha 3. Tetos e extremidades dos tetos limpos 4. Sempre retire um primeiro jato de leite - Verifique regularmente toda
saúde do úbere
e qualidade do leite
informações fornecidas
pelo laticínio,
organizações de teste oficial, clínicas veterinárias e em testes da fazenda usando o contador de células DeLaval
(DCC) ou o Califórnia Mastite Teste (CMT). - Desenvolva referências para cada vaca
e rebanho para ajudar no monitoramento
de mudanças que podem ocorrer. - Independentemente do sistema de alojamento ou tamanho do rebanho, ordenhe primeiramente as novilhas, depois as vacas recém-paridas e em seguida o rebanho principal. - Ordenhe as vacas doentes por último e em seguida lave e higienize o sistema de ordenha. - Para controlar a mastite e produzir leite de alta qualidade, é preciso que as vacas tenham os tetos limpos e secos quando as unidades são acopladas. Limpe cada teto e extremidade do teto com materiais aprovados.…