quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

VALOR GENÉTICO ANIMAL



     Não é possível atualmente conhecer com exatidão o valor genético dos animais, sendo necessária a estimação desses valores. O valor genético, ou valor genético aditivo A de um animal, é  definido como duas vezes o valor fenotípico esperado do filho proveniente de acasalamento ao acaso, sendo expressado como desvio da média da população. O termo valor genético significa “valor melhorador”. Ele se refere ao desempenho das próximas gerações.

     O valor genético dos animais está atrelado a herdabilidade do caráter, dessa forma quanto maior a herdabilidade para a característica em questão, maior a concordância entre o genótipo e o fenótipo. Outro ponto importante é o número de informações, quanto maior este número de informações o animal tiver (pesagens, genealogia, medidas de circunferência escrotal, ultrassonografia de carcaça e outros), melhor a estimativa do seu valor genético. O grau de parentesco entre o animal avaliado e as fontes de informações de parentesco melhora as estimativas do valor genético.

    O grau de semelhança fenotípica entre o animal avaliado e as fontes de informações permite avaliar os efeitos de ambiente que são comuns, existem diferentes fontes de informação que podem também ser chamados de efeitos permanentes de ambiente. Em virtude da grande necessidade desses valores, metodologias de estimação de valores genéticos dos animais vêm se aperfeiçoando desde as primeiras décadas deste século, mas apenas a partir dos anos 80 houve um avanço com a criação de ferramentas de grande importância para a avaliação dos animais, principalmente após o advento dos chamados “modelos animais“, a mais moderna metodologia criada para avaliação genética existente. 

Postar um comentário