quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Avaliando o Bem Estar dos Animais



A avaliação do bem-estar dos animais deve ser realizada de forma completamente separada das considerações éticas. Uma vez terminada a avaliação, esta provê as informações necessárias para que decisões éticas possam ser tomadas sobre uma dada situação. Um dos critérios essenciais para a definição de bem-estar animal é que a mesma deve referir-se a característica do animal individual, e não a algo proporcionado ao animal pelo homem. Ou seja o bem-estar de um indivíduo é seu estado em relação às suas tentativas de adaptar-se ao seu ambiente (BROOM, 1986). 



Exemplos de Fatores de Bem-Estar para Animais e Produção:
Tratador: Empatia, conhecimento do tio de criação que está trabalhando, capacidade de observação.
Ambiente: Abrigo adequado, cama, qualidade da alimentação, água.
Animal: Raça, idade e sexo compatíveis com o sistema de produção utilizado.

O Bem-Estar Animal possui três definições, sendo elas divididas em estado físico, onde engloba as condições do animal e lesões, estado mental através dos sentimentos, frustração e dor pelas lesões e também por sua naturalidade, podendo ser avaliada por sua maneira de agir e por restrição do comportamento.
Postar um comentário